domingo, 24 de janeiro de 2016

14 de Janeiro de 2016

o dia em que ficámos infinitamente mais ricos. e em que comprovei que na matemática deste amor incondicional não existem contas de dividir, só multiplicações.


terça-feira, 5 de janeiro de 2016

nesting

a disponibilidade (mental, sobretudo) para escrever tem sido pouca. o Manel fez 5 anos (5 anos!!!), o Natal passou-se em família e entrámos num novo ano. mas nem as datas comemorativas me serviram de inspiração... porque quando se entra na fase de nesting ficamos um pouco obcecados (no bom sentido) com tudo o que isso implica. já não falta tudo... só o principal... Maria, estamos à tua espera.


domingo, 20 de dezembro de 2015

nota-se muito que já estou de baixa?





#pregnancyperkssóquenão

acordar com a boca da kim kardashian e com os pés e as mãos do shrek.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

c'est vraiment super


esta série (na tradução portuguesa: Pais desesperados) tem-me valido umas valentes gargalhadas. é francesa (assim posso matar saudades desta língua que adoro e que é raro ouvir) e está muito bem feita. ao estilo Uma família muito moderna, com personagens geniais e um enredo sempre hilariante.

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

sobre alisamento da guedelha




finalmente, um produto que cumpre realmente com o que promete!

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

#pregnancyperkssóquenão


como é que eu controlo esta fome, senhores!!??

dar graças. hoje. todos os dias.


importamos tanta porcaria de tradição, porque é que não tentamos incorporar esta no nosso calendário? e não apenas hoje. porque a gratidão deve ser um exercício diário. porque dar graças pelas bênçãos que a vida - Deus, o destino, ou o que lhe quiserem chamar! - nos proporciona é meio caminho andado para a tão desejada felicidade. sejamos gratos. sejamos (um bocadinho mais) felizes.

saúde e educação

tenho as minhas fichas apostadas em vocês. façam o favor de não me desiludir.

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

#pregnancyperkssóquenão

devo preocupar-me?

e depois disto, ontem fez-me um desenho que eu pensava ser uma estrela, mas que ele garantiu ser uma explosão.

Fica, Inês

ou uma resposta e pêras!

(e a crónica que motivou este artigo de opinião do Miguel Carvalho)